quinta-feira, 14 de julho de 2011

Sobre Felicidade!!!



PS.: Foto minha, e de arquivo pessoal, favor não copiar!!!


Hoje, fazendo o caminho para casa, na volta do serviço, e extremamente cansada, me peguei rindo sozinha, rindo alto!! E agradecendo o meu Paizinho pelo dia horrível e maravilhoso que tive hoje. Só me toquei porque percebi que tinha alguém me olhando, um cara no carro parado ao lado do meu no farol, ficou olhando e só ai percebi que realmente estava rindo sozinha!! Lógico que na hora eu queria virar um ser invisível para não sentir mais vergonha ainda.. rs

Para alguns, o mais estranho de tudo isso é que essa semana foi excessivamente pesada, cansativa e tensa pra mim. Mais uma vez é ai que provo que é muito mais valido falar de como sinto a vida do que sobre as emoções absorvidas por ela. Me decepcionei, tive promessas não cumpridas, tive confiança jogada no lixo e pisada em cima, tive cobranças e mais uma série de coisas, e tudo o que isso trouxe foram emoções passageiras. Mas sentir... hum... sentir... ai entramos no mérito de saber ser feliz.

Felicidade não é só um momento passageiro, emoções sim, são passageiras, mas sentir tem que vir de dentro, do fundo, sair do obscuro interno sabe?? Aquele lado que raramente nos damos o prazer de conhecer?? Felicidade é sentir-se útil, e saber que se pode realizar, é aprender com os erros, e dar risada das improváveis besteiras que certamente vai falar mesmo sabendo que não deveria. Dar risada das perguntas de respostas tão idiotas quanto a própria pergunta, e tirar sarro com uma resposta de menos valor ainda.

As vezes somos tratados de forma que sabemos não merecer, levamos a culpa de erros dos outros, somos julgados somente por "preferencialismo" barato aos outros, dentre outras coisas que, para pessoas sem determinação, apenas levaria ao auto-rebaixamento de seu estado emocional. Mas para mim, chega a ser desafiador levantar a cabeça, sorrir, e fazer tudo novamente, melhor ainda do que o já entregue. A diferença é que quando isso passa, minha vontade é agradecer a pessoa pelo que ela fez ou disse, apenas porque ela em atitude destrutiva me mostrou que eu posso ser construtiva!!!  É óbvio que qualquer ser humano, que realmente o seja, terá diversas emoções nem sempre positivas, e eu não soou excessão a regra. Mas quando paro e penso o quanto de oportunidades me batem a porta, percebo que a felicidade realmente existe! Existe sim, e não é para um ou outro, mas para quem realmente vai atrás dela, para quem valoriza, se esforça. Para quem sorri. Pra quem abre os braços mesmo já estando com eles pesados e cansados. Pra quem trata bem. pra quem perdoa, mesmo sentindo dor.

E aqui estou eu, a menina boba, da cidade do interior, de coração mole, medrosa, que não sabe nem cuidar de si mesma ainda, correndo atrás do mundo, de braços abertos ás oportunidades que possam aparecer!!! Sentindo o mundo em toda a sua complexidade de valores, visões e missões, seguindo um caminho bem diferente do da busca da felicidade. Esse caminho eu já encontrei, agora eu só quero trilhá-lho, de olhos bem atentos a cada nova descoberta, a cada novo amanhecer, a cada novo sentimento, a cada novo objetivo, a cada nova pessoa.

À alguns dias atrás me disseram que eu exijo demais das pessoas e terminaram com a seguinte frase "eu não dou um mês para essa nova menina, ou você desiste dela, ou ela não te aguenta" eu ri!!! A menina desistiu de mim em menos de 20 dias. Desistiu porque não aguentou a bronca. Não conseguiu segurar a onda. E gente assim pra mim, realmente não vale a pena lutar. Gente que não tenta, não chega... nem à mim, nem a lugar nenhum. Muito menos a felicidade!!! Ela era infeliz, tinha os olhos tristes, de quem não acredita em si, de quem desiste antes de começar. Era uma boa garota, mas tinha medo dela mesma. Espero encontrá-la novamente um dia, e ver que fiz uma concepção errada, e que ela realmente se auto enfrentou. Espero ter errado novamente, já que eu não tenho compromisso nenhum com o erro. rs

Pra quem sabe e entende a felicidade, errar faz lutar mais, eu já errei, e muito, e não tenho a mínima vergonha de falar isso, porque foi errando que eu aprendi a ser quem sou hoje. foi errando que aprendi a enfrentar a vida, e ver que vale a pena, tudo vale a pena. Tudo com nada fora.

O melhor de tudo isso é ver que meu trabalho e esforço valem a pena. Eu não esperava que vissem o que faço como mais que minha obrigação, mas o reconhecimento veio. E hoje, mais uma vez, eu venci minha batalha, minha luta diária vivendo nessa guerra da vida. eu venci, com orgulho e destreza, mais um desafio, e ganhei mais uma oportunidade!!!

O bom mesmo é ir dormir ainda com um sorriso bobo estampado na cara e a consciência tranquila por ter concluído mais uma missão!



4 comentários:

Juh disse...

Muito obrigado pela visitinha e coments no meu cantinho,fiquei feliz.

Venho sempre aqui pq adoro o q vc escreve.

"Quem nunca errou é pq ñ nasceu".

Beijinhuxx e um ótimo find.

Claudia disse...

Olá minha linda...desculpe não te visitar antes, na verdade estou meio distante do blog mesmo. Me aconteceu tantas coisas. Mas te adoro viu. E adorei seu texto, como sempre super profundo e bonito.
beijão

As desventuras de Danni... disse...

Oi Flor!!
Adorei o seu blog!!!
estou aqui para pedir a ajuda de todas as bosboletas, para que me ajude a divulgar o que aconteceu comigo!!
Se poder por favor entre no meu blog leia a minha historia e divulgue no seu blog, opara que nenhum médico faça isso com outra borboleta!!!
Desde já agradeço pelo carinho e atenção!!
Beijos Danni
http://asdesventurasdedanni.blogspot.com/

Iris disse...

Oi, adorei seu blog, você tem pensamentos bem profundos! Pensamento positivo!!!
Beijos

Ps: meu blog é http://www.irisbelaefera.blogspot.com