terça-feira, 3 de novembro de 2009

Camarões


Aconteceu mais ou menos assim:


Há mais de um mês estou tentando ir pra praia nun belo dia ensolarado pra sentar e ficar tomando uma breja ... ( porque depois que operar nun pode mais neh! Só depois de um ano ... vai ser dificil .. masssss)

Quem me conhece sabe que raramente eu entro na água ... curto a praia por causa da cerveja mesmo! É, é diferente sim, vc sentar numa praia pra tomar e sentar nun bar....

Mas se não tiver um dia bonito a cerveja da praia fica amarga e dá dor de cabeça. Pode até ser meu psicologico que é afetado demais, mas pra mim funciona exatamente dessa maneira: cerveja na praia só com sol e muitos homens bonitos pra apreciar!


Sabadão, feriado na segunda, até que enfim faz sol nun feriado nessa merda de cidade que eu moro que só chove (q nem no inferno deve ser tão entediante assim), a gatinha paquitona aqui resolve que quer ir pra praia, massssss ... resolve isso as duas da tarde... não dá neh, convenhamos. Ai liga uma amiga e resolvemos ir pro clube.


Não, não teve graça, não foi nada do que eu queria, só tinha as duas lá, e o caseiro... mais ninguem, ninguem mesmo! E cerveja de praia é cerveja de praia neh!


Tá... prometo, domingo eu acordo cedo e vou pra praia, nem que seja sozinha! Tá prometido heim...


Acordei cedo ??? Só se for pro meu relogio biologico de domingos neh! ... pq eu acordei as 11 da manhã, que para um domingo ainda é de madrugada!


Acordei meu irmão e perguntei se ele queria ir, no fim o pai dele chegou e resolvemos ir todos juntos.


Queria ir pro guaruja, fazer bate e volta, pq eu odeio bertioga e o mais perto que tinha e melhorzinho é o guaruja mesmo. O transito tava infernal já aqui no meio da cidade pra pegar a estrada pra praia. Desistimos. Resolvemos que só uma cachoeira mesmo já tava de bom tamanho, pq afinal não precisava enfrentar transito. No meio do caminho mudamos a rota de novo: vamos pra caraguá! ( até ai já era qse duas da tarde de novo, e não dava pra voltar no mesmo dia, precisavamos de algum lugar pra ficar)


Chegando em lá fomos direto pra praia... aiiiii ..eu ia tomar minha cerveja gelada sentada na beira da praia! O coisa boa viu!!! Refresca que é uma maravilha!! O bom mesmo foi que chegando na praia da Cigarra em São Sebastião encontramos uma sobrinha do pai do meu irmão e arrumamos uma casa pra dormir!! rsrs


Mas minha cerveja ??? o sol tinha acabado! juro que queria arrancar os cabelos .. mas no dia seguinte ainda teria mais ! Demos risada, nos divertimos, a noite tomei uma cervejinha nun quiosque a beira mar... fomos durmir super tarde, na verdade só dorminos depois de algumas broncas da minha avó! Massss isso é outra coisa! rsrs


Acordei na segunda as 8 da manhã sem conseguir respirar dentro do quarto de tão quente... tava uma luaaaa .. e que lua ... Opa ... Vamos pra Ilha Bela ....


E fomos ... mas entre uma e outra parada chegamos em ilha já era meio dia!! rsrs eita povinho enrolado neh!


Sentei, bebi minha tão esperada cerveja na beira da praia! Ai dilicia... cerveja, saque, caipirinha ... hummmmmmmm


Enquanto olhava todas aquelas mulheres com o bundão pra cima e tomava minha bebidinha, pensava... nossa ... nun sei como essas mulheres conseguem, ficar estirada na areia nesse sol? Eu heim ... devem ficar todas ardidas .. sem conseguir enconstar em nada .. tirando que isso deve deixar a pele pessima! Tem gosto pra tudo neh!


Eu como uma boa branquela, passei meu protetor solar e fiquei...


Mas muito me surpreendeu qdo olhei pra minha perna, estavam vermelhas, rosadas, como um camarão! Puxei a parte de cima do meu biquini pra ver e lá estava uma puta de uma marca brancaaaa ..... Gente eu não queria virar um camarão empanado .. eu só queria uma cerveja gelada! Juro!


Precisava de qqr jeito de uma agua gelada pra me lavar, ver se saia aquele ardido tipico daquelas mulheres que tentam virar camarão empanado .. mas eu não neh! nun dá! ... graças a algum bom santo tinha uma ducha lá que era uma delicia ...


Como uma tipica branquela me lavei bem, sai da beira da praia ( estava com guarda sol) e fui pra baixo do quiosque, me enxi de creme pós sol....


Mas não teve jeito ..... de frente eu pareço um camarãozinhos mesmo .. de tão vermelha, e a bunca continua branca. Tudo o que consegui foi uma risca dividindo meu corpo no meio.
Eu juro por tudo o que é mais sagrado que eu não queria ficar assim!!! Mesmo .. de verdade ... nãoooooooooo .... aiiiii ... se arrependimento matasse!

E ai do filho da puta que encostar a mão em mim... Ahhhh .. vai apanhar e feio!


5 comentários:

Fabiola Neves disse...

Gata,
Vc é super engraçada!
Seus posts são crônicas maravilhosas!!!
Adooooro!!!!
Obrigada pela força viu?
É importante pra mim, ter o apoio de alguém que me acompanha desde o comecinho!
Beijinhos
Fabíola

amandinha disse...

ahahhahahah!!!
camarão que dorme a água leva.
ã... nada a ver...
Mas que feriado gostoso, hein, meninoca! Abafa o caso da bronca da sua avó, rsrs, mas parece ter se divertido à beça (também sem contar o ardidinho em consequencia do sol, né rsrs)
Agora vc pode dizer que é uma garota "mesclada de sol" rsrsrs
Jajá passa... cuida bem da pele!
Um beijo!

claudia disse...

hahahaha....mas valeu a pena, amiga. Nem que for para contar essa estória pra gente. Beijinho

Clau disse...

kkkkkkk!!!! vc é doida!!!kkkkkkk...
menina eu odeio o calor, odeio praia...pois odeio ficar queimada de sol...
eu só gosto de praia em dia chuvoso ou a noite... mas pelo menos vc bebeu sua cervejinha..né?? e pelo menos tinha algum homem bonito???
bjsss minha linda.

Ana Maria disse...

Oi gatonaaaaaa
obrigada pelo comentário lá no meu bloguinho, mesmo q tenha sido exagerado..kkkkkk
só vc mesmo...
mas q FDS hein???kkkkkkkkkkk
e td isso por causa de uma cervejinha geladaa??? Kkkkkkkkkkk
mto bommmmmmmm
bjssssssssss