terça-feira, 15 de novembro de 2011

30 dias



E ontem completaram-se trinta dias de cirurgia.
Tudo passou muito rápido na verdade. Tinha dias que pareciam um século, mas quando chegou os 30 dias a única coisa que me veio a cabeça foi "já?".
A vida passa rápido demais, e a gente nem se dá conta do que nosso corpo pede, do que nossa alma precisa. Muitas vezes não reparamos naqueles que estão ao nosso lado, que passam dias ali, sentados, na cadeira ao lado, na casa ao lado, no escritório ao lado, na mesa do bar ao lado.
Estranho mesmo é como depois de um certo tempo as coisas se tornam tão automáticas, que esquecemos de observar o resto.
Existem coisas e pessoas que me fazem falta, e que talvez algum dia esteve ao meu lado e eu não reparei, porque estava concentrada demais em uma só coisa.
Mas filosofias minhas a parte, esse é um post relacionado a cirurgia, e como eu comecei falando que as vezes a gente não se dá conta do que o corpo pede, esses trinta dias foi uma nova observação de mim. Comecei a realmente perceber quando tinha fome, e não quando estava na hora de comer por puro costume. A sensação de saciedade é muito diferente.
Comecei minha dieta solida, de verdade ontem, com até mais coisas do que eu achei que seria liberado.
A nutricionista liberou praticamente tudo, com exceção de verduras, grãos, frituras e doces. Pediu para evitar ainda bebidas gaseificadas. Mas já posso comer massas, legumes, carnes ( vermelhas e brancas) Arroz, pão, bolacha, leite e derivados... Ou seja uma alimentação normal. NORMAL .. rs não aquela que estamos acostumados. Tudo em quantidades certas, mais vezes durante o dia.
Confesso que tive medo de começar a comer porque com 25 dias me meti a besta de comer um pouquinho de yakissoba e senti uma dor lascada no estomago, passei a noite sem dormir, qualquer posição me incomodava, e eu não conseguia colocar pra fora. Por causa da brincadeirinha passei três dias com dor e mal  estar, então por favor, não sejam burros e precipitados como eu. Se existe um prazo cumpram ok ?

A sensação é muito diferente e cada um tem que se acostumar com o seu corpo. Alguns alimentos caem mais pesados. Fui a praia com alguns amigos a noite para passear, e eles pediram uma porção de contra filé, como  eu estava a mais de quatro horas sem comer, comi duas ou três tirinhas de carne, demorando mais de meia hora, quando coloquei o ultimo pedacinho na boca (porque eu estava cortando tudo muito pequeno) me bateu um mal estar danado, uma coisa estranha no estomago. Resolvi andar.. dei uns 6 passos e me deu tontura e ânsia, até tentei colocar pra fora mas não rolou. Comecei a suar frio e tremer. Um amigo perguntou se eu tava bem, e quando eu disse que não ele ainda me perguntou se era espiritual vocês acreditam nisso ?? hahah
Enfim, foram os cinco minutos mais longos que eu tive naquela noite. Alias, a noite acabou ali né, voltamos todos pra casa. Então meu conselho é não comer fora de casa logo no inicio, até porque nós ainda não sabemos se nosso corpo vai responder bem a todos os alimentos, e já que não sabemos, é melhor experimentar em casa, ou onde você tenha pessoas perto de você para te dar apoio quando acontecer algo do tipo.

Mas posso confessar uma coisa: É MARAVILHOSO PODER VOLTAR A MASTIGAR . hahah .. os caldinhos e suquinhos e aguinhas estavam me matando!! rsrs Mas pra servir de incentivo foram 11 kilos em 25 dias!

Amanhã tenho médico e já vou cheia de perguntinhas.. rs

6 comentários:

Juh... disse...

Te comporta hein menina?!! rsrs

Nossa 11 quilos!!! Tá de parabéns.

Beijinhuxxx

Dani disse...

Passa rápido mesmo! rsrs
Olha, não é legal comer fora de casa, pq esses alimento levam tempero...se for alimentar-se fora, peça algo grelhado e pergunte se no preparo vai algum tempero ou óleo...eu faço assim e até agora tá dando muito certo! bjs

Juh... disse...

Oi flor!!!

Tem selinho pra vc no meu blog, passa lá.

Beijinhuxxx e bom fds.

Geisa disse...

De agora em diante, vc vai ver...
cada dia será melhor que o outro...

Bjs

Iris disse...

Aline sua comédia!!! Tem selinho pra vc lá no meu blog.
Beijos

Fabíola Neves disse...

Oi florzinha,
Tenha paciência e não se precipite em querer "comer o mundo" nesse fase, viu?
Vc deve ter comido junto com a carninha, um nervinho ou até mesmo uma gordurinha. Pela sua descrição, deve ter sido dumping o que vc sentiu. De uma forma bem leve, mas deve ter sido isso.
Vá com calma. Não tenha medo de comer, não! Só preste mais atenção ainda às coisas que vc vai por na boca, ok?
Obrigada pelo elogio lá no meu cantinho! Vc sempre foi uma querida! Adoro sua amizade!!
Força na peruca sempre e vamo que vamo!
Beijinhos