quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Sobre Pretês

É incrivel como eles conseguem nos levar do céu ao inferno em questão de segundos.
Eu não consigo viver sem eles, e juro que os meus sentimentos mais intensos são com esses tão benditos pretês!

Alguns andam a me dar nos nervos. Também, essa é uma das drogas que eu mesmo sabendo que não pode ser usada em quantitades significantes eu continuo insistindo em colocar pra dentro o que o meu organismo não aguenta.


Geralmente arrumanos um desses naqueles dias em que voce quer se curar de alguma coisa, esquecer alguma coisa, quando os momentos podem ser melhores se voce tiver um pretê.

Estão sempre presentes na vida de uma mulher, seja agradando, seja irritando! E não sei porque ultimamente estão conseguindo me tirar do sério!

Fugindo um pouco do Dia do Homem , (e concordando em outras partes) esses seres são como drogas, mais uma daquelas que eu não consigo me livrar! Nós sabemos que as doses dessa droga é aceitavel se for em quantidades mininas, quase que invisiveis, depois que passou desse patamar o negocio começa a ficar feio.

A dependencia começa naqueles dias que voce acha que ele ( o pretê) pode fazer com que sua noite seja muito melhor, e talvez nos mulheres sonhadoras do jeito que somos, acreditamos até em algo especial, até que na hora é agradavel, a sensação é boa, como toda droga. Ai voce acha que aquilo realmente não tem porque te fazer mal, e continua usando, e vai aumentando aos pouquinhos a dose, até a hora que acha que pode tomar doses cavalares!

Essas doses cavalares que são o grande problema! Elas te deixam com uma ressaca quase que improvavel! A cabeça explodindo, chega até a parecer um cão raivoso, com aquelas babinhas escorrendo na boca!

Mas, a verdade é: eu não consigo viver sem eles!

Fazer o que? A vida é assim!!!

6 comentários:

Fabiola Neves disse...

Gata,
Já tinha post pra caramba pra trás.
Que bom mesmo que voltou a escrever.
Saudades viu, flor!
Que seu 2010 seja de conquistas e realizações.
Vai ser tudo muito diferente, com certeza.
Beijinhos
Fabíola

Labaki disse...

Um cara de 2m e 103kg tipo eu seria uma dose cavalar? heheheheh

amandinha disse...

Bom, eu falava dos homens em geral, mas já que é pra falar de pretê, pode descascar! Oscilações de humor, ngm merece...
Em um momento, é a última bolacha do pacote. No outro, vira bobo. uahuahuaha É foda.
E por mais q saibamos que faz mal, a gente quer provar, não tem jeito.
Mas olha aí, ó... Dá uma chance pra esse gatinho aí em cima... rsrs
Beijos, Zani!

Clau disse...

Gata...
a vida é assim qdo somos solteiras nós vivemos diversas experiências boas e ruins, mas um dia tudo acaba e encontramos um homem q nos completam e aí se vai as aventuras por água abaixo. Pois casamento é muuuuito chato.
beijosss.

Aline Zaniboni disse...

Querido Labaki, não importa o tamanho, mas a maneira como se usa!!!

Espero ter esclarecido sua duvida!

Dani disse...

hahahahaha
hahahahah
Eles são irritantes quando querem. O meu me tira do sério!
mas, eu não sei o que eu seria sem esta adrenalina..hahahahaha
beijos Aline